Mini Maratona Vodafone 2012

Desporto, Sustentabilidade

Acordar às seis e meia da manhã para correr cinco quilómetros e meio não é algo que tenha por hábito fazer. E se à estranheza da hora, juntar o facto de ser um Domingo, então estamos certamente perante um evento raro na minha vida. Esta seria razão suficiente para partilhar este acontecimento, mas há mais. Pisar a ponte Vasco da Gama, mergulhado num mar de gente, oriunda de diversos locais do país e do mundo, todos a correr com objetivos distintos, mas com um único sentido, apenas uma direção, é algo notável e que enche quem lá esteve de uma energia positiva difícil de encontrar nos dias difíceis que temos vivido.

Que bom que seria se esta convergência de vontades, esta união no sacrifício, este fim comum a que todos almejam chegar, se replicasse dos quase vinte mil que lá estiveram, para os mais de 10 milhões que cá estão, dia após dia, a correr uma prova num percurso sinuoso, sem fim à vista e com uma um meta que ninguém parece saber onde fica.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s