Batman: The Man Who Laughs

Banda-desenhada, Livros

batman-the-man-who-laughs-page-10

Depois de Year One, comecei outro Essencial do Batman. Como estou numa onda de origens, decidi ir para Batman: The Man Who Laughs, um livro mais recente (2005) mas  que dá seguimento à história de Year One. Desta feita, somos presenteados com a primeira aparição de uma das personagens mais icónicas da série: o Joker.

Neste livro, Ed Brubaker capta a loucura e sociopatia totalmente aleatória que faz de Joker um dos melhores vilões de sempre. Numa história que funciona como a sua origem, o Joker aparece em Gotham City com o único objetivo de causar pânico aos mais ricos da cidade. Um a um, vai exterminando as suas vitimas até chegar a Bruce Wayne. O embate é inevitável e herói e vilão acabam por confrontar-se pela primeira vez.

Para além do espetacular trabalho gráfico, o que mais gostei foi o caos instalado por uma personagem que é a personificação da loucura, e  também do sentimento de culpa que Batman tem em relação ao aparecimento de tão vil criminoso. A questão fica no ar: não aparecerão vilões como Joker devido à existência de super-heróis como Batman?

2 thoughts on “Batman: The Man Who Laughs

  1. Não sei se sabias (só soube há uns meses quando vi o filme):

    Conrad Veidt’s character in The Man Who Laughs (1928) has been listed as one of the inspirations for Batman’s archnemesis The Joker.The title was borrowed for Batman: The Man Who Laughs, a 2005 graphic novel which depicted Batman’s first encounter with the character.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s