Prisoners

Cinema, Sétima Arte

THE-PRISONERS9Pouco tempo tinha passado desde os créditos iniciais e o ambiente de Prisoners já evocava algo familiar. A atmosfera chuvosa e pesada, as cores frias e a sensação de desconforto gerada pela certeza de que algo de muito errado estaria prestes a acontecer são elementos presentes numa das maiores obras de culto dos anos noventa – Se7en, de David Fincher.
Sou um confesso admirador do trabalho de Fincher e considero Se7en a sua grande obra. Mas ao longo dos anos comecei a fartar-me das imitações baratas que se seguiram uma atrás da outra, como sempre acontece quando algum filme demonstra originalidade e sucesso. Neste caso, não sei se a influência foi ou não directa, mas a verdade é que não estamos perante mais um plágio desavergonhado.

Denis Villeneuve, o realizador que já tinha mostrado o seu potencial há três anos com o magnífico Incendies, consegue o extraordinário feito de acertar em todas as suas opções. A começar pela excelente escolha do elenco (destaque para Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal e o arrepiante Paul Dano) que entrega performances irrepreensíveis, fortalecendo um enredo labiríntico mas suficientemente inteligente para não ir por caminhos irrazoáveis. A juntar a isto temos uma cinematografia que ajuda a criar a tal atmosfera “Finchiana” e um ritmo que nos absorve para uma história que, apesar de não parecer, demora duas horas e meia a contar.

Não quero adiantar muitos mais pormenores pois este é um daqueles filmes que se tem que ver para crer, mas posso adiantar que estamos perante uma autêntica e agradável surpresa e um dos melhores thrillers dos últimos anos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s